Content

Oliveira Vianna

Francisco José de Oliveira Vianna (1883-1951)

Jurista, professor, etnólogo, historiador e sociólogo brasileiro nascido em Rio Seco de Saquarema, Estado do Rio de Janeiro, cuja obra sociológica caracteriza-se para subestimar a presença do negro na formação social brasileira. Filho de Francisco José de Oliveira Viana e de Balbina Rosa de Azeredo Viana, de tradicionais famílias fluminenses, estudou no colégio Carlos Alberto, em Niterói, e diplomou-se pela Faculdade Livre de Direito do Rio de Janeiro (1906). Em seguida foi nomeado professor de Direito Criminal da Faculdade de Direito do Estado do Rio de Janeiro, em Niterói, onde se tornou professor titular (1916).

Foi, sucessivamente, diretor do Instituto do Fomento do Estado do Rio de Janeiro (1926); membro do Conselho Consultivo do Estado, consultor jurídico do Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio (1932-1940); membro da Comissão Especial de Revisão da Constituição (1933-1934); membro da Comissão Revisora das Leis do Ministério da Justiça e Negócios Interiores e, finalmente, nomeado para ministro do Tribunal de Contas da República (1940). Eleito em 27 de maio (1937) para a Cadeira n. 8 da Academia Brasileira de Letras, sucedendo a Alberto de Oliveira, foi recebido em 20 de julho (1940) pelo acadêmico Afonso Taunay. Especializado em questões trabalhistas, por força da função que exercia no Ministério do Trabalho, logo no início desse importante órgão da vida nacional, faleceu em Niterói, Estado do Rio de Janeiro, em 28 de março (1951), deixando uma vasta obra escrita. 

Entre seus principais livros figuraram O idealismo na constituição (1920), obra de caráter reformista, contra o sufrágio universal e o princípio federativo, Populações meridionais do Brasil (1922), resultado de longos anos de estudos e pesquisas sobre as questões da formação brasileira, Raça e assimilação (1932), um tratado antropológico de imensa repercussão e causou longas e eruditas polêmicas, principalmente porque, defendia a necessidade do caldeamento da raça negra, que julgava indispensável à integração do negro na sociedade universal, e Instituições políticas brasileiras (1955), publicado postumamente. 

Fonte: http://www.dec.ufcg.edu.br/biografias/FrancJos.html

OBRAS DE OLIVEIRA VIANNA

 

 

Trabalhos Disponíveis de/sobre Oliveira Vianna na Internet

SITES BIOGRÁFICOS:

Biografia - Oliveira Vianna

Museu do Estado – Casa Oliveira Vianna

 

DISSERTAÇÕES DE MESTRADO:

Uma sociologia brasileira da ação coletiva: Oliveira Vianna e Evaristo de Moraes Filho (Antonio da Silveira Brasil Jr.)

Oliveira Vianna e a legislação do trabalho no Brasil (1932-1940) (Hélio Mário de Arruda)

 

ENSAIOS E ARTIGOS:

Oliveira Vianna entre mitos, utopias e símbolos de brasilidade (Elizabeth Cancelli)

O método de produção de conhecimento em Oliveira Vianna (André Luis Pelliccione)

O Autoritarismo em Oliveira Vianna (Karin Mandelli Matos)

O pensamento social de Oliveira Vianna e a cidadania no Brasil – de 1920 ao fim da década de 1940 (Alexander David Anton Couto Englander) 

Leituras da Colonização Portuguesa no Brasil do Século XX (Maria Emilia Prado)

Caio Prado Jr. e Oliveira Vianna: interpretações do Brasil e projetos políticos para a modernização brasileira (Fábio Tadeu Vighy Hanna)

Geografia e ideologia: Oliveira Vianna e Sérgio Buarque de Holanda (Jacob Binsztok, Rodrigo da Costa Caetano)

Oliveira Vianna e os dilemas da ação coletiva no Brasil (Antonio Brasil Junior)

Liberalismo e democracia na sociologia política de Oliveira Vianna (Ricardo Silva)

Insolidarismo e autoritarismo em Oliveira Vianna: uma reinterpretação (Antonio da Silveira Brasil Junior & Maurício Hoelz Veiga Júnior)

Estado e sociedade no pensamento conservador brasileiro: Alberto Torres e Oliveira Vianna

(Thiago Martins Barbosa Bueno)

A formação do Brasil moderno em dois tempos: uma análise comparada do pensamento de Oliveira Vianna e Hélio Jaguaribe (Fernanda Xavier da Silva)

A influência de Oliveira Vianna na elaboração do projeto social do Estado Novo. (Denilson Gomes Barbosa)

Da Revista do Brasil ao Brasil em Revista: breve análise da trajetória editorial de Oliveira Vianna

Oliveira Vianna, entre a escrita sociológica e a escrita de ação (Maria Stella Bresciani)

A diferença que aproxima. Relendo Sérgio Buarque e Oliveira Vianna no contra-fluxo da tradição (Marco Aurélio Nogueira)

Ideologia de Estado e Autoritarismo no Brasil (Ricardo Silva)